Revista de Saúde Pública de Santa Catarina, Vol. 5, No 3 (2012)

Tamanho da fonte:  Menor  Médio  Maior

Asma: uma Revisão da Literatura

Moíse Ruth Angnes, Jamile Macagnan, Juliana Marta Cauduro, Luana Silveira

Resumo


A asma é um relevante problema de saúde pública e aparece entre as doenças mais frequentemente relacionadas com atendimentos em emergências e hospitalizações na faixa etária pediátrica. É uma doença pulmonar inflamatória crônica, que se caracteriza pela obstrução das vias aéreas. O presente trabalho tem como objetivo analisar artigos que traçam o perfil dos pacientes asmáticos, bem como levantar um panorama nacional sobre fatores de risco, atualização no tratamento, cuidados e manejo desta doença. Trata-se de uma revisão da literatura para avaliação crítica e síntese dos estudos nacionais relevantes sobre esta doença. Foi realizada análise de artigos publicados por meio da biblioteca virtual eletrônica, Bireme, nos bancos de dados informatizados como SCIELO e LILACS. Os descritores que nortearam a busca dos dados foram: infecção respiratória, doença respiratória e asma. Foram encontrados 32 artigos publicados entre os anos de 2000 e de 2011. Em relação ao perfil dos sujeitos, a maioria dos autores descrevem como sendo indivíduos do sexo feminino, de cor não branca, com antecedentes familiares positivos, com baixa renda, sendo de maior prevalência na infância, porém seu agravo ocorre com o aumento da idade. A asma é uma doença multifatorial, que envolve a participação de fatores ambientais e genéticos. Os principais fatores de risco encontrados foram: mudanças ambientais, alergênicos, quebra do ciclo da amamentação materna exclusiva, prevalência de sibilância no primeiro ano de vida, história de rinite alérgica na infância e hábitos de vida do paciente. Essa revisão demonstra que quando há o conhecimento do paciente quanto ao manejo e cuidados com a asma, há uma melhora na prevenção das crises asmáticas, desencadeando uma redução dos atendimentos no serviço de emergência. Uma intervenção educativa associada ao tratamento clínico é essencial no controle da asma. Proporciona a melhora das habilidades de auto manejo da doença diminuindo assim, a morbimortalidade dos pacientes e aumentando cada vez mais a qualidade de vida dos asmáticos.


Texto Completo: PDF

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 License.

Essa revista é melhor visualizada no navegador MOZILLA FIREFOX.

ISSN: 2175-1323 - R. Saúde públ. Santa Cat. Florianópolis, Santa Catarina - Brasil